top of page

62ª Romaria de Nossa Senhora de Fátima ocorre dia 29 de janeiro


No domingo, dia 29 de janeiro, ocorre a 62ª edição da Romaria de Nossa Senhora de Fátima, na Paróquia São José, em Nova Esperança do Sul.


A romaria começa as 5h30, com saída da Igreja Matriz, em direção à Gruta Subterrânea Nossa Senhora de Fátima. Durante o trajeto de 9km, os devotos fazem seus agradecimentos às graças alcançadas e, também, renovam seus pedidos. É recitada a oração do Santo Terço, conforme pediu Nossa Senhora de Fátima, em sua primeira aparição, em 1917, aos Três Pastorinhos: Lúcia, Francisco e Jacinta, na Cova da Iria. Também são entoados cânticos e realizadas paradas em outros pontos turísticos religiosos, como a Capela São Caetano, localizada no percurso da caminhada.


Após a chegada da procissão na Gruta Subterrânea Nossa Senhora de Fátima, será celebrada a Santa Missa, às 10h. Ainda, às 14h, haverá, também no interior da Gruta, a Benção da Saúde.


Sobre a Romaria:


A primeira Romaria em honra à Nossa Senhora de Fátima foi realizada em 1961. Em novembro de 2022, durante Celebração Eucarística presidida pelo Arcebispo Metropolitano Dom Leomar Antônio Brustolin, foi coroada e abençoada a nova imagem de Nossa Senhora de Fátima, juntamente com a dos Três Pastorinhos, a qual passou a fazer parte do novo nicho dedicado a Nossa Senhora de Fátima, no interior da Igreja Natural, em Nova Esperança do Sul.


Sobre a Gruta Subterrânea:


A Gruta Subterrânea Nossa Senhora de Fátima, está localizada em Nova Esperança do Sul-RS e é considerada como uma das maiores grutas subterrâneas da América Latina. A Gruta foi moldada, com o passar dos anos, pela natureza e pode abrigar até 6.000 (seis mil) pessoas em seu interior.


É formada por rochas de arenito e possui duas aberturas em sua construção natural, como se fossem claraboias. Além disso, existe o túnel que dá acesso às trilhas e cascatas. As duas cascatas rochosas que fazem parte do complexo de natureza da Gruta, ficam em propriedades particulares, mas a sua visitação é permitida.



Informações: Gustavo Delevati

Comentarios


bottom of page